Conheça as novidades do governo Bolsonaro para os programas sociais em 2021

Os programas sociais existem no Brasil a muito tempo, entra e sai mandatos a sua permanência sempre continua só havendo algumas alterações mínimas para se enquadrarem a realidade do país e do governo, mas para o ano de 2021 com o mandato de Bolsonaro esses programas trazem novidades inesperadas por muitos, como é o caso do Bolsa Família 2021.

As grandes novidades que esse governo traz são principalmente alterações nos nomes dos projetos sociais, projetos esses que são conhecidos pelos seus nomes a mais de 10 anos e a partir do próximo ano virão repaginados. O Minha Casa Minha Vida vira como Casa Verde e Amarela 2021 e o Bolsa Família vira como Renda Cidadã, marcando assim os projetos sociais no governo Bolsonaro.

Conhecendo o Bolsa Família

Sendo um programa de transferência direta de renda para as famílias em situação de pobreza no país o Bolsa Família tem um alcance de mais de treze milhões de famílias oferecendo um auxílio para que consigam superar a situação de vulnerabilidade que se encontram.

O programa tem como principais objetivos combater a fome e promover a segurança alimentar e nutricional, combater a pobreza e outras formas de privação das famílias e promover o acesso a rede de serviços públicos, como saúde, educação e assistência social que são muito importantes a toda a população.

Com as antigas regras do programa os beneficiários eram aqueles que possuíam renda mensal de ate R$178,00 por pessoa e podiam comprovar através de carteira de trabalho ou contracheque essa renda classificando-os como baixa renda, com o novo programa, Renda Cidadã, algumas regras foram alteradas e é necessário que os beneficiários fiquem atentos para não saírem prejudicados devido a essas mudanças.

Casa Verde e Amarela

O programa habitacional do governo Bolsonaro vem como uma renovação do Minha Casa Minha Vida oferecendo o mesmo benefício, mas em condições diferentes. Esse programa repaginado vem para marcar o Brasil com a cara do atual governo e promover a todos os brasileiros a oportunidade de conquistarem a sua casa própria.

A principal mudança que ocorreu com essa atualização, fora o nome, é a promessa em conseguir o financiamento da casa própria pelo programa de forma mais fácil, baseando todo o financiamento na renda bruta mensal das famílias. Esse programa tem foco em dar uma atenção inicial e especial as famílias das regiões Norte e Nordeste que concentram o maior número de pessoas em situação de baixa renda e depois expandir para o restante do país, oferecendo o benefício do programa ao maior número possível da população brasileira.

As novidades oferecidas pelo governo Bolsonaro em questões sociais vêm com o desejo de promover grandes transformações e benefícios na vida dos brasileiros. A esperança no bom funcionamento e sucesso desses programas é o mais esperado por todos, principalmente para os que dependem deles para seu sustento e acesso a moradia.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Navigation