A VTEX, plataforma Cloud Commerce™ no mercado de varejo digital, lançou recentemente um novo módulo de seu sistema responsável pela exibição e gestão dos pedidos de lojas – o OMS (do inglês order management system, ou sistema de gerenciamento de pedidos). O lançamento aconteceu na sexta edição do VTEX Day, maior evento da América Latina e o terceiro maior do mundo no segmento de varejo multicanal (veja quadro).

A plataforma Omnichannel vai integrar todos os canais do varejo – vendedor, comprador, loja online, loja física, entregador e clientes –, oferecendo ao varejista a otimização do seu estoque, uma única base de captação de dados do cliente e pedidos, geração de mais tráfego na loja física, menos rupturas, informações de navegação dos compradores e aumento de vendas, permitindo uma análise 360o de todo o negócio.

“O VTEX OMS é mais do que dar a opção de realizar o pedido online e retirar na loja, experimentar o produto ao vivo, realizar a compra via internet e ter um atendimento personalizado com recomendação de produtos em lojas físicas com base nos dados obtidos online. Para que tudo isso funcione, é vital que haja uma visibilidade total do estoque da loja e uma gestão eficiente do pedido onde quer que ele aconteça ou seja entregue. Além disso, manter as informações dos clientes centralizadas e atualizadas é fundamental para entender seu comportamento, aumentar as vendas e gerir melhor os estoques”, explica Alessandro Gil, Chief Experience Officer (CXO) da VTEX.

O módulo funciona da seguinte maneira: um consumidor compra um eletrodoméstico numa loja virtual e, com o uso do sistema, pode buscar seu produto na loja física mais próxima, sem precisar aguardar a entrega da mercadoria pelo correio ou transportadora. Já o lojista tem a possibilidade de gerenciar seu estoque, fazendo um giro entre filiais e franquias. Por exemplo, se o consumidor comprar uma lata de tinta pela internet, diretamente no site do fabricante, pode retirar o produto em uma loja de bairro próxima à sua casa.

Alessandro Gil: manter as informações atualizadas é fundamental para entender o comportamento do cliente. Foto: Divulgação

A integração dos estoques online e offline também é outro diferencial do OMS. Os varejistas podem acompanhar em tempo real e de maneira centralizada todo o inventário disponível em sua área de atuação. Além disso, podem direcionar o pedido para a localização mais próxima do endereço do consumidor, permitindo a redução de custos e o tempo de entrega.

“Fazer o estoque girar e organizar os produtos para que não fiquem parados meses num depósito trazendo mais custos é a principal dificuldade identificada hoje no varejo. Estoque é caro, o produto deprecia e isso imobiliza investimentos. Além disso, cerca de 54% dos consumidores que buscam na loja física realizam nova compra no momento da visita”, explica Gil.

Impactos dos dispositivos móveis


Foto: Divulgação

O VTEX Day, realizado nos dias 14 e 15 de maio, reuniu quase 15 mil visitantes de mais de 20 países das Américas Latina e do Norte, além da Europa, 167 palestrantes das mais distintas nacionalidades e 154 expositores nos mais de 30 mil metros quadrados do São Paulo Expo.

De acordo com Alessandra Hypolito, head do evento, a crescente importância da feira para as marcas participantes fica mais clara a cada edição. “Hoje, mais de 40% de nossos patrocinadores reservam seus grandes lançamentos para serem anunciados durante o VTEX Day”, diz.

A edição 2018 trouxe palestrantes de peso. O público conheceu de perto as histórias de empreendedorismo do vocalista da banda Iron Maiden, Bruce Dickinson, e pôde entender como funciona uma das mentes que mudaram o mercado de entretenimento global – a do cofundador da Netflix Marc Randolph. O chairman da ASOS.com e ex-CEO da Amazon no Reino Unido, Brian McBride, falou para o público do evento sobre como o comportamento do consumidor tem sido cada vez mais impactado pelos dispositivos móveis.

“Historicamente, o público varejista esteve carente de informação. Justamente para mudar este cenário, uma das missões do VTEX Day é prover nosso público com informação tanto no aspecto técnico quanto inspiracional, mostrando o que ele deve e não deve fazer para que seu negócio prospere, de modo a viabilizar que todo o ecossistema do e-commerce cresça”, afirma Alessandra.