São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre e Belo Horizonte são as capitais que apresentaram as melhores colocações do Índice Sebrae de Desenvolvimento Econômico Local (Isdel). O indicador, criado pelo Sebrae Minas, faz uma análise de dados sobre as cinco dimensões responsáveis por promover o desenvolvimento econômico local.

O índice analisa 30 indicadores, com base em fontes oficiais, divididos em cinco dimensões: Capital Empreendedor (educação, renda e densidade empresarial), Tecido Empresarial (relacionado à existência de elementos do tecido social, tecido empresarial, programas e ações associativistas), Governança para o Desenvolvimento (participação e controle social, articulação e gestão pública), Organização Produtiva (aglomerações e diversificação produtiva) e Inserção Competitiva (especialmente informações do comércio internacional).

Em relação aos estados, São Paulo (0,538), Rio de Janeiro (0,491), Distrito Federal (0,473), Santa Catarina (0,436) e Rio Grande do Sul (0,434) ocupam as cinco primeiras posições. Os resultados estão disponíveis para consulta no site www.isdel-sebrae.com.