Um estudo internacional realizado pela Cliqz e Ghostery, chamado Rastreamento dos rastreadores: analisando o cenário de rastreamento global com o GhostRank, detectou que 77,4% dos sites rastreiam seus visitantes – ou seja, 8 a cada 10 sites capturam e armazenam dados dos internautas.

Os dois principais rastreadores são Google e Facebook, sendo a publicidade digital o principal objetivo. O maior é o Google, que tem alcance de 60,2% nas páginas web, contra os 27,1% do Facebook.

A pesquisa foi conduzida utilizando estatísticas anônimas de 850 mil usuários em mais de 144 milhões de carregamentos de páginas, em mais de dez países, incluindo os Estados Unidos, Canadá, Grã-Bretanha, França, Alemanha, Áustria e Suíça.