O turismo no estado que se multiplica nos atrativos entre litoral e serra, festejos (Outubro é o mês de muitas), a capital e várias cidades de atrativos, tem também no turismo com enfoque religioso em uma preciosa captação de visitantes e pontos importantes como Nova Trento, a capital estadual do turismo religioso, com o Santuário de Madre Paulina (a primeira santa brasileira), visitado por 70 mil pessoas mensalmente.

Balneário Camboriu também cresce neste formato, além do destino de praias e agora também de cruzeiros.  Celebrou nesta semana os 20 anos do Cristo Luz, monumento que tem impulsionado o turismo, com um histórico de valores significativos, na visitação e  panorâmica dos dois mirantes. Sobre a montanha, o Cristo Luz ilumina a cidade e todas as pessoas que aqui passam, em um dos maiores contingentes turísticos do estado.

“Ficamos muito satisfeitos com a participação e a adesão da comunidade e dos turistas  nestas comemorações e eventos. A cidade de Balneário Camboriú tem a beleza natural, inúmeras opções de lazer, produtos e serviços.  O Cristo Luz, veio para representar valores espirituais e proporcionar um ambiente agradável às famílias que moram ou visitam a cidade. Agradecemos às pessoas que acreditaram e contribuíram para o desenvolvimento do complexo e do turismo da cidade e de Santa Catarina”, afirmou o diretor do Complexo Cristo Luz, Mário Pretto.

O monumento passa pela fase final de uma completa revitalização em sua estrutura interna, externa e iluminação. As obras vem desde abril deste ano, e comemoram as duas décadas de sua inauguração quando, na época, a estátua recebeu a bênção simbólica do então Papa João Paulo II.

Na mesma ocasião foi celebrado o Dia de São Francisco de Assis, o padroeiro da ecologia, protetor dos animais e exemplo de humildade e desapego.

Localizado em um dos pontos mais elevados de Balneário Camboriú, na rua Indonésia, Bairro das Nações, o monumento Cristo Luz é a segunda estátua do gênero mais alta do país. Foi esculpido em argamassa, e construído em ferro, aço e cimento. Segura em sua mão esquerda o símbolo do sol que “ilumina e abençoa a cidade e os turistas”. 

A roupagem do monumento, em estilo franciscano, também fica iluminada através de um jogo de luzes especial, o que permite sete combinações de cores alternadas diariamente e que podem ser vistas de diversos pontos da cidade. As luzes – integradas neste mês à campanha do Outubro Rosa -  são acesas diariamente a partir das 19h.

Cada cor tem uma representação simbólica. O rosto do monumento permanece branco, representando a paz e a fé. Na roupagem, a cor amarela representa a energia; a verde, a natureza; a azul, a saúde; a lilás, a reflexão; a vermelha, o amor, e a rosa simboliza a felicidade.

Durante este  mês de outubro, funciona de quarta a sábado, das 16h à 0h. Domingos e feriados, das 10h à 0h.