Pode até não parecer, mas os turistas do Paraguai visitam bastante o Brasil e não é apenas pela região das Três Fronteiras. Em 2016, mais de 316 mil paraguaios estiveram no país contra 301 mil em 2015. Neste ano, o aumento deve ser de 5% a 10%.

Para os planos de ter mais turistas paraguaios visitando o Brasil, a Embratur conta com mais uma vinculação aérea graças à Amaszonas, empresa que lançará três novas rotas ligando Assunção a Campo Grande, Curitiba e Porto Alegre. Atualmente, a companhia já tem 25 frequências semanais diretas para São Paulo.

“Os novos voos permitem que o turista paraguaio embarque para o nosso país em horários mais adequados, gaste menos tempo e tenha mais conforto em sua viagem”, avalia o presidente do Instituto Brasileiro de Turismo, Vinicius Lummertz. “Com essas condições favoráveis, esperamos atrair um turista que está na terceira posição da lista dos países que mais visitam o Brasil”.

Os três novos destinos terão início em dezembro, com saídas três vezes por semana. O lançamento dos novos voos foi feito durante a Fitpar, principal feira do turismo paraguaio, ocorrida em outubro, em Assunção. No estande brasileiro estiveram 15 representantes que atuam naquele mercado.  

Além da presença na feira, houve um seminário organizado pelo Comitê Descubra Brasil no Paraguai sobre destinos turísticos de Alagoas e do Rio de Janeiro.

A Amaszonas é uma empresa aérea boliviana que opera voos regulares com as aeronaves Bombardier CRJ200. Entre os seus destinos voa para Cuzco, no Peru, e também terá rotas na Argentina.  Conta com uma frota de 7 aeronaves. Em 2015, a empresa adquiriu a uruguaia BQB Líneas Aéreas.