O juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância, condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a nove anos e seis meses em sentença publicada nesta quarta-feira (12).

O ex-presidente foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, que o envolve o caso da compra e reforma de um apartamento triplex em Guarujá, no litoral de São Paulo. Ainda cabe recurso.