O mercado de games está aquecido no país, e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) quer impulsionar o segmento. No último mês de junho, o banco aprovou um financiamento de R$ 2,6 milhões para a empresa de tecnologia Sioux para expandir o mercado interno de serious games (jogos como dispositivos educacionais para quaisquer faixas etárias e situações diversificadas).

No último mês de junho, o banco aprovou um financiamento de R$ 2,6 milhões para a empresa de tecnologia Sioux

O plano de investimentos 2016-2018 da companhia tem o valor total de R$ 5 milhões. O apoio do BNDES corresponde a 51% do investimento total. 
No Brasil, a base produtiva da indústria de jogos digitais é formada por micro e pequenas empresas, em sua maioria. Um estudo desenvolvido pela USP em 2014, com 133 empresas nacionais, apontou que 75% delas declararam receita anual inferior a R$ 240 mil.

O projeto da Sioux ampliará em 50% os postos de trabalho na empresa, em áreas como planejamento, design de jogos, projeção gráfica 3D, programação, suporte, gerenciamento de projetos e assessoria de imprensa, entre outras.