O compartilhamento de notícias falsas se tornou um problema nas redes sociais – e não poderia ser diferente no Brasil. A fim de erradicar esta questão, a plataforma de comunicação corporativa interna Flock lançou a versão brasileira do Detector de Notícias Falsas (DNF). A plataforma permite que os usuários identifiquem informações falsas antes de as compartilharem.

A ferramenta reconhece e sinaliza o conteúdo de mais de 600 fontes do mundo todo consideradas enganosas, não verificadas ou falsas quando os usuários compartilham as informações na plataforma Flock. A nova versão integra também as fontes enganosas brasileiras, que sinalizará links de qualquer um dos sites listados. Ao compartilhar as URLs suspeitas nas caixas de mensagem da ferramenta, o recurso faz uma referência cruzada ao link em seu banco de dados. Quando o conteúdo de uma fonte de notícias não confiável é identificado, o DNF imediatamente o sinaliza e avisa aos usuários que ele é uma notícia falsa.

“Infelizmente, desinformação gera desinformação e, através dos meios simples de compartilhamento no ecossistema digital de hoje, uma pequena notícia não confiável pode facilmente se espalhar como um incêndio em uma organização inteira”, afirma Bhavin Turakhia, CEO da Flock.